• Carvão ou luz do sol?

    Transcrevo aqui uma excelente reflexão do Prof. Alan Wallace oferecida em Londres, em abril de 2014. “Para explorar em profundidade a busca pela felicidade genuína, pela felicidade autêntica, é preciso desviar a atenção da busca pela felicidade hedônica. Há uma analogia que funciona para mim. Há cerca de um século, no Reino Unido, nos Estados Unidos e em alguns outros países, as cidades enfrentavam um grande problema decorrente da poluição causada uso do carvão. Em Londres, por exemplo, este era um enorme problema. Agora imagine hipoteticamente uma comunidade cuja única fonte de energia provém de uma usina de carvão. E é claro que essa população sofre de diversas doenças respiratórias –…

  • O bem-estar é uma habilidade que pode ser treinada

    Na tarde de ontem, quem teve a sorte de estar em casa ou ao menos de ter a possibilidade de passar 1h30 conectado à internet, pôde desfrutar do painel “The World We Make – Well Being in 2030”, encontro realizado pelo Mind and Life Institute, que ao menos anualmente aproxima cientistas de Sua Santidade o Dalai Lama. O encontro foi transmitido ao vivo, diretamente da Universidade de Wisconsin, no dia 9/março/2016 mas, até o momento em que estou escrevendo este post, infelizmente a gravação do evento não está disponível. O que eu gostaria de registrar aqui foi a participação de Richard Davidson – neurocientista brilhante, apontado como um dos homens mais influentes do mundo…

  • E por falar em Feliz Ano Novo…

    Muitas vezes as coisas mais óbvias são as mais difíceis de enxergar. É bom que olhemos por vários ângulos diferentes, que ouçamos das mais diversas formas, usufruindo do talento generoso de pessoas que buscam compartilhar suas experiências e visões sobre, afinal, como podemos ser mais felizes! Aqui está uma seleção de conferências de pessoas assim! Que em 2014 nós possamos nos alegrar com as coisas mais simples da vida! (Clique na imagem de Matthieu Ricard para assistir aos vídeos, quase todos com legendas em português) 1. Dan Gilbert –  O que nos faz felizes? Dan Gilbert, autor de “Stumbling on Happiness” (Tropeçando na Felicidade), contesta a idéia de que seremos…

  • A ansiedade da felicidade

    A vida dele é a busca de uma eterna busca. É o futuro que cria o seu presente. Tudo é uma cadeia interminável de desejo. Robert Frost ~ Sharon Salzberg – MInd and Life Institute Há muito tempo penso que neste trecho do poema, “Escapista – Nunca”, Robert Frost capta muito do que as tradições contemplativas descrevem como desejo, uma fonte de grande sofrimento. Desejo é diferente de força motivadora, intencionalidade e determinação; no desejo há um elemento de fixação sobre o que não se tem, em detrimento de apreciar e de ser grato por aquilo que se tem. É uma busca que nunca termina, que sempre segue pensando na…

  • A busca pela felicidade genuína

    B. Alan Wallace “A busca pela felicidade genuína e pela superação do sofrimento não é uma busca trivial. Não é uma questão de sorte. Tem a ver com a própria natureza da realidade. Examine com profundidade as causas que o levaram à delusão no passado e que estabeleceram a base da ignorância.”

  • Mente saudável, mente feliz

    “A felicidade genuína é o sintoma de uma mente saudável e equilibrada, assim como o bem-estar físico é o resultado de um corpo saudável. Entre as pessoas do mundo moderno, predomina a noção de que o sofrimento faz parte da vida, que é simplesmente normal experienciar frustração, depressão e ansiedade. Nosso sofrimento mental, porém, em muitas ocasiões não tem razão alguma de ser. Ele representa uma aflição sem benefício algum para nós. É somente o sintoma de uma mente desequilibrada. Em nossa busca constante pela felicidade, é importante que reconheçamos como algumas coisas no mundo estão fora do nosso controle. As outras pessoas – família, amigos, colegas de trabalho e…

  • A Biologia da Coragem

    “Como pensamos e como agimos pode transformar nossa experiência do estresse. Quando você escolhe encarar sua resposta ao estresse como útil, você cria a biologia da coragem E quando você escolhe conectar-se com outros sob estresse, você pode criar resiliência. Eu não pediria necessariamente por mais experiências estressante na minha vida, mas essa ciência me deu uma apreciação inteiramente nova do estresse. O estresse nos dá acesso aos nossos corações. O coração compassivo que encontra alegria e significado quando se conecta com outros, e sim, seu coração físico batendo forte, trabalhando duro para lhe dar força e energia, e quando você escolhe encarar o estresse desse jeito, você não está…

  • Sobre o sentido da vida

    Existe alguma diferença entre uma vida feliz e uma vida plena de sentido? Pessoas que são felizes mas que experimentam pouco ou nenhum sentido em suas vidas apresentam a mesma expressão genética que as pessoas que enfrentam adversidades cronicamente. Esta á a conclusão de um estudo conduzido por Barbara Fredrickson, psicóloga e pesquisadora especializada em emoções positivas na Universidade de Carolina do Norte -Chapel Hill, e Steve Cole, geneticista e pesquisador na área de psiquiatria na UCLA, publicado em Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS). “A felicidade sem sentido caracteriza uma vida relativamente superficial, auto-centrada ou até mesmo egoísta, em que as coisas vão bem, necessidades e desejos…

  • Impedimentos Históricos para o Surgimento de uma Ciência da Consciência no Ocidente

    ~ B. Alan Wallace Excerto de “Ciência Contemplativa. Onde o Budismo e a Neurociência se Encontram”   Volto-me em primeiro lugar para as duas raízes da civilização ocidental: as tradições greco-romana e judeu-cristã. Um fator fundamental para o surgi­mento de uma nova ciência é o desenvolvimento de instrumentos refinados para observar e fazer experimentos com os fenômenos que estão sendo in­vestigados. O uso do telescópio por Galileu para observar o Sol, a Lua e os planetas exerceu um papel crucial para o surgimento da ciência da astronomia. O uso do microscópio por Van Leeuwenhoek para observar formas microscópicas de vida foi igualmente crucial para o surgimento da biologia moderna. Por…

  • Seus filhos precisam de pais felizes

    ~ Margareth Paul – Huffington Post Você consegue pensar em algo mais importante para seus filhos do que a sua própria felicidade e realização? Pense na sua própria infância. Seus pais eram felizes e realizados, e viviam em paz? Eram alegres e tinham um sorriso sempre à mão? Eles ofereceram amor e apoio a você. a si mesmos e um aos outro? Os meu não eram. Minha mãe estava sempre ansiosa e preocupada com tudo. Ela muitas vezes ficava com raiva de mim, não importando o quanto me esforçasse. Ela e meu pai sempre brigavam. Meu pai era geralmente ausente, e muitas vezes demonstrava raiva. Havia uma tensão quase constante…

  • Fazendo da felicidade um hábito

    ~ Susan Kaiser Greenland E se a felicidade fosse um hábito que pudéssemos ensinar às crianças? E é! Qualidades que nos afastam da felicidade (fortes emoções negativas) e as qualidades que nos conduzem à felicidade (ações éticas) são enraizadas nos hábitos desenvolvidos no passado. A Atenção Plena ajuda as crianças e os adolescentes a reconhecerem os hábitos que levam à felicidade e a abandonarem os que não levam. Os hábitos são fáceis de construir, difíceis de abandonar e todo mundo tem. Alguns hábitos são físicos (roer as unhas e enrolar o cabelo), alguns são verbais (usar certas palavras ou frases) e alguns são de natureza psicológica (preocupar-se, sonhar acordado, e…

  • Como podemos ajudar as nossas crianças a manejar o estresse

    ~ Susan Kaiser Greenland Clique aqui para ver o vídeo com legenda  (selecione portuguese na bolinha verde abaixo do vídeo) ou veja a transcrição abaixo: A consciência plenamente atenta tem agora muitos significados para muitas pessoas. Mas o conceito clássico de atenção plena é basicamente uma forma de prestar atenção às experiências da vida de um modo particular, com uma atitude de bondade e compaixão por nós mesmos e pelos outros. Eu comecei a praticar a meditação da atenção plena com os meus filhos porque eu mesma já praticava. E pensei: “- uau, se está me ajudando, deve ajudar as crianças também”. É por isso que comecei a trabalhar com eles. Primeiramente, o estresse que…